SE LIGA

Inscrições abertas – Art In Process Festival 2018

tam 612 x 792

Inscrições de trabalhos de 19 a 23 de março. Enviar e-mail solicitando o formulário de inscrição para artinprocessfestival@gmail.com

Art In Process Festival tem o objetivo de agregar e estabelecer conexões entre artistas, criadores e coletivos artísticos de todas as áreas da cultura em um encontro de processos em criação e/ou finalização de suas obras e pesquisas continuadas em artes.
O Festival tem como inspiração a inquietação e o desejo dos artistas e colaboradores envolvidos em aproximar o espectador de seus processos de criação, promovendo um espaço de diálogos de construção e descontração de pensamentos, teorias e conceitos, onde o processo artístico se torna mais interessante do que um objeto estético, estático e consolidado.
DAMATA Coletivo Artístico com o apoio da Associação Escambo Cultural tem como abordagem trabalhar neste festival com todas as vertentes artísticas (dança, arte urbana, música, artes plásticas, teatro, arte visual) com a proposta de criar conexões entre culturas, expressões artísticas, artistas, coletivos e apreciadores de artes.

Ficha Técnica:
Realização: DAMATA Coletivo Artístico
Apoio: Associação Escambo Cultural
Organização e Produção: Idris Bahia, Fredd Lima e Marcos Poubel.
Produção Visual: Tainá Andrade
Registro audiovisual: HeadButt Coletivo Audiovisual.

Organizadores:
Idris Bahia, é graduanda do curso de bacharelado em Dança na Universidade Federal do Rio de Janeiro. Atualmente é intérprete criadora da Cia de Dança Contemporânea da UFRJ (NUDAFRO), dirigida e coordenada pela professora, coreógrafa e diretora Tatiana Damasceno, atua como colaboradora da Associação Escambo Cultural e DAMATA Coletivo Artístico a fim de promover, disseminar e produzir eventos aproximando artistas de diferentes linguagens e espaços. Participou como bailarina, pesquisadora e assistente de direção da Portus Cia de Dança desenvolvendo trabalhos coreográficos como espetáculos, intervenções urbanas e videodanças. Suas pesquisas abordam o feminino como potência de criação e levantam questões sobre o corpo político e poético na dança contemporânea.

Fredd Lima, é ator, cantor, fez parte da banda Santas de Taboca, na cidade de Manaus onde também fez parte do grupo de performance Nati Morto. Hoje, radicalizado na cidade do Rio de Janeiro. É formado pela Universidade do Estado do Amazonas em bacharelado em Artes Cênicas. Atuou no cinema e produções da Disney e também na dança aérea com a cia índios.com e Tangará. Hoje produz um monologo sob direção de Bayard Tonelli. Tendo uma vasta carreira teatral, Fred Lima buscar a junção das artes no seu show.

Marcos Poubel, é licenciado em Educação Física na Universidade Federal do Rio de Janeiro. Trabalhou como produtor de Companhias de dança, promovendo mostras e espetáculos na área da cultura. Foi produtor da Mostra de Dança Juventude Carioca em dezembro de 2016 e maio de 2017. Produtor do Rio de Dança nos meses de Maio, Junho e Julho de 2016. Sócio Benemérito da Associação Escambo Cultural desde 2013, participou da produção da Revista Ponto de Escambo, entre outros projetos.

1 comentário

Deixe uma resposta para fredd lima Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: