Crítica semanal Ludimilla Fonseca

👈😎😂👉🏼🇧🇷🇧🇷🇧🇷 Divulgue esse texto no grupo de Whatsapp da sua família

Não existe a menor possibilidade de nós, colunistas independentes, críticos de arte, jornalistas culturais e afins, competirmos com fontes de informação tão confiáveis, seguras, expressivas e edificantes como os grupos de família do Whatsapp. Mas a gente não desiste. Pode ter certeza. ANOTA AÍ CAMBADA!!! >>>>>>>>>> Nem quando o Ministério da Cultura cair a gente vai parar!!! <<<<<<<<<<<<< HAHAHADDAD! Outra coisa: TAMBÉM SABEMOS ESCREVER EM CAIXA ALTA :O Mas chega de textão. Aqui vai um resumo com as propostas dos candidatos à presidência relativas à cultura :* :* :*

HADDAD: tratar a cultura como agente da mudança social, como ferramenta para promover a cidadania e valorizar a diversidade.

BOLSONARO: não há propostas (KKKKKKKK – essa é boua!)

Tópicos específicos:

 

– Lei Rouanet e Lei do Audiovisual

HADADAD: Direcionar incentivo fiscal a projetos de grande escopo e usar o Fundo Nacional de Cultura para o fomento de projetos menores

BOLSONARO: “TEM QUE ACABAR ESSA MAMATA!”

– Classificações indicativas para exposições

HADADAD: A liberdade de expressão artística deve ser plena

BOLSONARO: IMORALIDADE. CANALHAS, MIL VEZES CANALHAS!

– Museus

HADADAD: aplicar a lei do estatuto dos museus com o IBRAM, com melhor dotação orçamentária e capacidade de gestão para atuar. O financiamento mais adequado permite maior investimento em programação mais atraente, o que aumenta o interesse público nos museus.

BOLSONARO: “Já está feito, já pegou fogo, quer que faça o quê? O meu nome é Messias, mas eu não tenho como fazer milagre”

– Cotas para produções nacionais em serviços digitais de vídeos

HADADAD: discussão de um marco regulatório para os vídeos sob demanda no Brasil e repensar o acesso público à produção que é fomentada através do Fundo Setorial do Audiovisual.

BOLSONARO: Nenhum comentário a respeito. Mas imaginamos que quem quiser ingresso para ir ao cinema, é só pedir pro Edir Macedo.

– Existência do Ministério da Cultura

HADADAD: Destinar 1% do orçamento da União à pasta até o fim da gestão, aumentar capilaridade e do papel como instrumento de fomento

BOLSONARO: Alexandre Frota ou nada!

Para saber mais:

Programa de governo de HADDAD:

http://divulgacandcontas.tse.jus.br/candidaturas/oficial/2018/BR/BR/2022802018/280000625869//proposta_1534530480902.pdf

Programa de governo de BOLSONARO:

http://divulgacandcontas.tse.jus.br/candidaturas/oficial/2018/BR/BR/2022802018/280000614517//proposta_1534284632231.pdf

ludmilla

LUDIMILLA FONSECA é comunicóloga e jornalista formada pela Universidade Federal de Juiz de Fora (MG). Paralelamente, trabalha como curadora e produtora independente de projetos artísticos. Mineira, atualmente, reside no Rio de Janeiro, se dedicando aos estudos curatoriais e de história da arte. Especializada em storytelling, suas principais áreas de interesse são: arte contemporânea brasileira, semiótica e cinema.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s