Crítica semanal Mayã Fernandes

O efeito da cor

Assim como eu não quero ser escravo, não quero ser senhor. Entre os homens livres não pode haver escolha entre o voto e as armas. Os que preferirem as armas acabarão pagando caro. A verdadeira força dos governantes não está em exércitos ou armadas, mas na crença do povo de que eles são claros, francos, verdadeiros e legais. Governo que se afasta desse poder não é governo – mas uma quadrilha no poder[1].

O povo massificado insiste em ignorar sua subjetividade. Anulam suas dúvidas e incertezas. Dizem que é em prol do bem comum. Apáticos, se cegam antes mesmo do resultado das eleições. Não veem, não escutam, não debatem. Esbravejam: B17…1 e vestem a carapuça do fascista.

Desde que os seguidores de B. passaram a usar camisas pretas, compreendi, com horror, as palavras de Wassily Kandinsky em O efeito da cor, 1911, quando nos diz que “Os objetos com os quais deparamos pela primeira vez exercem imediatamente sobre nós uma impressão que nos toca a alma”.  Não escondo o terror que é ver um grupo de eleitores do B. Fico chocada a cada contradição e a cada discurso de ódio. Me toca a alma, me reviro ao avesso e em meus pensamentos penso em correr. A impressão toca a alma em horror.

Eu sei, isso não é sobre B, pois Kandinsky se referia a um maravilhamento infantil do mundo. Mas Kandinsky hoje não tem como não ser sobre B.
Quando eu vejo as camisas pretas eu parada fico, pois nunca fugi. Desde então nunca mais uso preto. Como se maravilhar diante do horror?

[1] Outline of History, de H. G. Wells e de Abraham Lincoln, de Carl Sandburg.

 

mayaMAYÃ FERNANDES é formada em Filosofia pela UnB e atualmente é mestranda em Metafísica pela mesma instituição. É pesquisadora da Cátedra UNESCO Archai: Origens do pensamento Ocidental e editora da PHAINE: Revista de Estudos Sobre Antiguidade. Estuda a teoria do belo na antiguidade e escreve crítica de arte no site Linhas de fuga.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s