Crítica semanal Ludimilla Fonseca

A eleição que doeu

Fascista é aquele que exerce seu poder de maneira autoritária para promover a negação do outro. Ou seja, não foi só uma questão de antipetismo. O voto em Bolsonaro revelou o ódio que um enorme número de pessoas tem contra determinados grupos sociais. Por isso, está doendo tanto – igual facada.

Já estamos contabilizando mortos e feridos, já estamos vendo a imprensa ser descreditada e os professores serem coagidos. A posse nem aconteceu, mas o show de horror já começou com direito a desfile militar, culto neopentecostal, fogos e tiros – muitos tiros. E é exatamente contra a cultura do ódio e sua consequente instrumentalização política que temos que nos posicionar.

Deletar os loucos do Facebook e cancelar a ceia de Natal com os parentes-bolsominions pode até ajudar na saúde mental (que nunca nos foi tão cara), mas não vai fazer com que os neofascistas desapareçam. O exercício de desnaturalização do fascismo é tarefa difícil. Mas a história nos diz que é possível.

Ainda não temos uma cartilha de conduta para os próximos quatro anos. Mas promover atitudes transformadoras e democráticas de enfrentamento do fascismo passa um princípio básico: não ceder ao ódio.

 

ludmillaLUDIMILLA FONSECA é comunicóloga e jornalista formada pela Universidade Federal de Juiz de Fora (MG). Paralelamente, trabalha como curadora e produtora independente de projetos artísticos. Mineira, atualmente, reside no Rio de Janeiro, se dedicando aos estudos curatoriais e de história da arte. Especializada em storytelling, suas principais áreas de interesse são: arte contemporânea brasileira, semiótica e cinema.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s