Crítica semanal Mayã Fernandes

Passar um cheque

Nesta semana, alastrou-se a notícia de que o ex motorista de Jair Bolsonaro “passou um cheque” à futura primeira-dama, Michelle Bolsonaro. É de conhecimento de todos que as estratégias de Jair Bolsonaro durante a campanha presidencial se apoiaram nas duras críticas à corrupção. Contudo, durante o período de transição já foi anunciado vários nomes para compor sua equipe, como o de Onyx Lorenzoni, investigado por fazer caixa 2.

Mas o que o cheques da família Bolsonaro tem a ver com a arte? Bem, conheço pouco dessa linguagem financeira e o pouco que conheço é através dos trabalhos de uma galeria digital intitulada theplaycheck. A ideia inicial é utilizar os talões de cheque (parecidos com os que Michelle Bolsonaro recebeu e diz que foi pagamento de dívidas) para criar desenhos.

De modo irônico, a arte mostra como preencher um talão sem se envolver com casos de corrupção.

cheque o outro lado - Pedro Scaramuzza.jpg

Cheque o outro lado Pedro Scaramuzza

Sabemos que todos os casos de corrupção e de incitação ao ódio ligados ao PSL e ao presidenciável são relativizados, infantilizados e desprezados pela massa que fez a cagada e agora finge não feder. Espero que o presidenciável socorra financeiramente toda a população do mesmo modo que afirma ter socorrido seu ex motorista.

 

08 Batalhao_de_cheque_860.jpg

Batalhão de Cheque – Tiago Montingelli

Cheque Mate - mARIA eSTER bARROS.jpg

Cheque Mate Maria Ester Barros

Entendo que mesmo após as eleições, o cenário político é incerto e não temos como pontuar como será o ano que vem. Sabemos que as artes passarão a ser censuradas com mais vigor e espera-se que a população em algum momento perceba a movimentação da política fascista. Enquanto isso não acontece, continuamos com as provocações.

http://cargocollective.com/theplaycheck

maya

 

MAYÃ FERNANDES é formada em Filosofia pela UnB e atualmente é mestranda em Metafísica pela mesma instituição. É pesquisadora da Cátedra UNESCO Archai: Origens do pensamento Ocidental e editora da PHAINE: Revista de Estudos Sobre Antiguidade. Estuda a teoria do belo na antiguidade e escreve crítica de arte no site Linhas de fuga.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s