Crítica semanal Ludimilla Fonseca

Entusiasmos

A vídeo-performance “En + theos” é baseada em uma coletânea de poemas lançada em 2017 pela artista visual Nicole Della Costa. Como vento batendo no rosto – aquela sensação do invisível que nos toca, o vídeo nasce da percepção de que, ao serem lidos, os poemas ganham corpo. Mais que forma, corpo mesmo: voz, cor, textura, gestual, entonação, temperatura. Daí a contaminação de materialidades e a transferência de suportes.

Entusiasmo2

Os poemas, escritos em inglês e em português, são lidos cronologicamente. Entre a língua materna e aquela que aprendemos posteriormente, repousam nas entrelinhas das poesias, emoções intrínsecas que se misturam aos padrões de comportamento adquiridos. Quem assiste ao vídeo se encontra na confusão de uma cacofonia organizada, vivenciando uma experiência bilíngue: os sentimentos têm tradução?

O cenário para vídeo-performance foi desenvolvido por Júlia Brandão. E, assim como Nicole, ela é uma artista brasileira vivendo em Nova York. As duas estabeleceram um diálogo sobre como adicionar camadas às suas respectivas produções, a partir de uma vivência que lhes é muito própria. Elas compartilham uma cidade que não quer abriga-las; elas dividem energias que são gastas na vontade da permanência e na expectativa do devir. Produzir lá e mostrar aqui.

Entusiasmo1.jpg

A produção de Della Costa passa pela investigação das interações verbais de onde é possível extrair efeitos poéticos. Sendo assim, ouvir é parte inerente do ver. Enquanto escreve, a artista também cria imagens. Por sua vez, o trabalho de Brandão é permeado, entre outras questões, pela busca de dimensões táteis e cromáticas para os diversos sentimentos. E, dessa maneira, o desejo de tocar é parte indissociável do sentir. Qual o som, o tom, o toque do entusiasmo?

Desse jogo inter-semiótico entre as artistas, foram estabelecidas relações de cores, formas e objetos para cada grupo de poemas. Brandão dividiu as poesias entre “quentes” e “frias”, e as escolhas dos tecidos foram feitas de acordo com essas categorias. Usando este vocabulário formal próprio, Júlia criou uma leitura visual única para as poesias de Nicole. O resultado disso são esculturas efêmeras que brincam com a natureza morta e a domesticidade clássica. Saudade tem gosto de café da manhã?

O aspecto performativo do vídeo é construído, então, não apenas pela corporeidade da leitura e interpretação de Nicole, mas na sua interação contextual com o cenário têxtil-tátil de Júlia.

Além da vídeo-performance, a exposição conta com a obra “Relacionamentos” produzida por Brandão. A peça foi feita com os últimos retalhos que a artista ganhou de sua avó. Cada retângulo de tecido é pregado apenas com alfinetes: não há costura, nem cola. O trabalho vai ficando mais pesado, na medida em que cada retalho vai se pendurando sobre o outro – à medida que o tempo passa e os sentimentos se acumulam um sobre o outro. Os alfinetes são os únicos responsáveis pela estrutura da peça: uma rede de experiências vividas cuja memória é o único fio criando relações frágeis entre cada momento. Se um alfinete for modificado, a estrutura como um todo passará a ser outra. As memórias não são fixas, são constantes rearranjos.

Bhering_1.jpg

Completam a expografia três fotos do projeto tiradas durante a filmagem de “En + theos”. Imagens congeladas como sentimentos guardados para que não nos esqueçamos de como foi senti-los. Os poemas de Nicole também estão disponíveis em pôsteres para serem levados para casa, lembrando que as palavras são sistemas complexos de símbolos que traduzem as experiências para nossos sentidos. E, através da tradução da experiência sensória imediata, a totalidade do mundo, físico e sentimental, pode ser evocada e recuperada, a qualquer momento.

Crédito das imagens: cortesia Nicole Della Costa e Julia Brandão

ludmilla

Ludimilla Fonseca é jornalista pela UFJF (MG) e mestranda em História e Crítica da Arte na UFRJ. Curadora e produtora independente, escreve regularmente para as revistas Desvio, Híbrida e O Fermento”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: