Crítica semanal Vanessa Tangerini

Golden Shower e a Art Basel

Desde o episódio patético do presidente da república com a golden shower, alguns artistas contemporâneos vem desenvolvendo obras irônicas, provocadoras e políticas a partir desse conceito.

A Gentil, galeria de arte carioca, realizou este ano a exposição “Pornorama” do coletivo Opavivará! com direito a golden shower de cerveja. A proposta da atividade era “transformar o mijo em ouro, adubar a cidade com o que vem de mais a dentro. Recriar a cidade a partir da privada, levando o que é recluso ao privado para o passeio público, para o momento público. Desprivatizar. Na sombra da goiabeira mijar a cerveja do dia. Adubar as relações.”

Nesse mês de junho a galeria esteve presente com um stand na maior feira de arte do mundo, a Art Basel. Mencionada como um dos destaques da feira, A gentil Carioca chamou a atenção com o seu stand envelopado com papel pardo e entrou para a lista dos “10 melhores estandes na Art Basel em Basel” (fonte: artsy.net). 

Convertido em uma espécie de sala-instalação, o stand foi coberto com o papel que constantemente é usado como referência e como suporte nas obras do artista carioca Maxwell Alexandre. Além de usar o papel pardo como suporte para as suas pinturas, o artista também costuma utilizar-lo para embrulhar ambientes inteiros e objetos pessoais, tanto nas suas exposições como no seu atelier. 

Dentro do stand envelopado vemos penduradas obras da nova serie de Maxwell onde abundam a cor amarela e as referências ao Golden Shower, que vão desde as atitudes explícitas dos personagens, até o mictório de Duchamp ou uma estrutura com forma fálica. No meio do stand, uma fonte de aguardente do coletivo Opavivará!: um bidê que jorra cachaça.

Crítica Sábado 29-06 Imagem 1
Fonte da imagem: Artribune

Ato político no papel que embrulha a sala. Atos políticos nas obras. Uma excelente experiência dentro de um stand na maior feira de arte do mundo que será atravessada não só por amantes da arte, mas também por empresários milionários que invertem nela. Os eternos paradigmas e contradições da arte política…

Imagem de fundo: Sem título, da serie Golden Shower. Maxwell Alexandre. 

 

Vanessa Tangerini

 

Vanessa Tangerini é carioca e suburbana. Ex-aluna do Pedro II e da EBA (UFRJ). Cursa a Licenciatura em Curadoria e Historia da Arte na Universidad del Museo Social Argentino em Buenos Aires, Argentina. Atualmente desenvolve sua pesquisa na área de Curadoria e Educação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s