Agenda - Rio de Janeiro (eventos) Agenda - Rio de Janeiro (exposições)

Programação Cultural – Rio de Janeiro

 

 

Exposição Como olhar para trás na Z42 Arte

No dia 12 de março, será inaugurada a exposição “Como olhar para trás”, com obras inéditas das artistas Ilana Zisman, Maria Amélia Raeder, Mariana Sussekind e Priscila Rocha, que ocuparão todo o espaço expositivo da Z42 Arte, no Cosme Velho. Com curadoria de Fernanda Lopes, a mostra traz o tema da memória, em diferentes aspectos, através de obras produzidas em diversos suportes, como fotografia, instalação, desenho, pintura e objeto.

Abertura: 12 de março de 2020, às 19h
Data: 13 de março a 11 de abril de 2020
Local: Z42 Arte
Endereço: R. Filinto de Almeida, 42 – Cosme Velho, Rio de Janeiro
Entrada franca


III Seminário Mulher, Poder e Democracia

Nos dias 10, 11, 12, 13 de março, o Centro Cultural Justiça Federal realiza a terceira edição do evento MULHER, PODER E DEMOCRACIA, com ênfase nas metas 5.2 e 5.5 da Agenda 2030 da ONU para o Desenvolvimento Sustentável, que tratam de temas como a violência contra a mulher e a participação das mulheres nos âmbitos político, econômico e social. Além de mesas-redondas e de comunicações coordenadas, as participantes terão acesso a exposições, apresentações poéticas, leituras abertas de dramaturgia, rodas de conversa, concerto de piano e voz, exibição da mostra Heroínas no cinema, entre outras atividades culturais realizadas por mulheres.

Para se inscrever e acessar a programação do evento o link: https://www10.trf2.jus.br/ccjf/iii-seminario-mulher-poder-e-democracia/?utm_source=BenchmarkEmail&utm_campaign=III_Semin%c3%a1rio_Mulher%2c_Poder_e_Democracia&utm_medium=email


Orquestra Sinfônica de Mulheres do Rio de Janeiro

A Orquestra tem como proposta atuar tanto na música de concerto como na música de câmara, valorizando os timbres de cada um dos seus naipes: cordas, sopros, metais e percussão. As propostas e o repertório para cada formação são ricos e possibilitam uma maior apreciação e valorização dos mesmos. A atividade faz parte do projeto Som do Sesc.

Data: 17 e março
Horário: às 19h
Ingressos: R$ 7,50 (Habilitados Sesc), R$ 15 (para jovens até 21 anos, estudantes e maiores de 60 anos) e R$ 30 (inteira)
Classificação livre

Bilheteria: terça-feira a domingo, das 13h às 20h


Exposição “Björk Digital” no CCBB 

Depois de passar por 15 cidades ao redor do mundo, chega ao CCBB Rio de Janeiro Björk Digital, uma experiência de música e realidade virtual inspirada no álbum Vulnicura, da artista islandesa. Além dos conteúdos em tecnologia imersiva, a mostra contempla um cinema com os clipes mais icônicos de Björk, e o espaço Biophilia repleto de tablets para que o público possa experimentar o projeto educativo de produção musical criado pela artista. Björk Digital é uma concepção de Björk e James Merry.

Data: 11 de março a 18 de maio
Horário: quarta à segunda-feira, das 09h às 21h
Local: CCBB Rio
Endereço: R. Primeiro de Março, 66 – Centro, Rio de Janeiro
Entrada franca


Feira Cultural da Praça Cruz Vermelha – Dia Das Mulheres

Em breve a programação da Edição do Dia das Mulheres no link https://www.facebook.com/events/feira-cultural-da-pra%C3%A7a-da-cruz-vermelha/feira-cultural-da-pra%C3%A7a-cruz-vermelha-dia-das-mulheres/617101975777292/

Data: 22 de março de 2020
Horário: de 10h ás 18h
Local: Praça da Cruz Vermelha


Um retrato do Sindicato de Trabalhadores Rurais de Ipojuca, onde convergem histórias de burocracias, demissões e aposentadorias, além de um suposto sonho  de desenvolvimento econômico-social que se avizinha com o porto de Suape.

Acesse a programação no link: https://ims.com.br/filme/modo-de-producao/


Diálogos com a Programação PALESTRA GUINGA 70 ANOS no CCBB 

Anna Paes, cantora, compositora, violonista e professora, convida todos para conhecer a trajetória de vida musical de Guinga. Distribuição de senhas 1 hora antes na bilheteria. Evento com tradução em Libras.

Data: 13 de maio
Horário: 18:30h
Classificação livre


Última semana da exposição “POÇA/POSSA Ana Paula Oliveira” no MAM 

Pensada especialmente para o Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, a exposição “Poça/Possa” é a primeira de Ana Paula Oliveira na cidade. Ao longo de pouco mais de duas décadas, a artista mineira radicada em São Paulo vem construindo uma produção interessada em discutir questões caras ao pensamento escultórico. Peso, estrutura, equilíbrio, massa, relação com o espaço e com a arquitetura, além da presença física do espectador são alguns dos princípios que norteiam o uso de materiais tão comuns quanto inusitados, como graxa, mármore, lente, pedras, casulos e borboletas, vidro, chumbo, sacos plásticos, peixes, dormentes, placas de ferro, borracha e sabão.

Data: até 10 de março
Horário: terça a domingo, das 10h às 17h
Local: MAM Rio
Endereço: Av. Infante Dom Henrique, 85, Parque do Flamengo


Peça “Bordados” no Teatro CCBB 

Um momento de conversa entre mulheres árabes, mergulhando na intimidade  de relatos compartilhados ao longo de uma sessão de chá. As mulheres falam sobre o amor. Contam histórias de casamentos, paixões, família, filhos, revelando sonhos, perdas e conquistas.

Data: 11/03 a 03/05
Horário: quarta à domingo, 19h30h
Classificação: 12 anos


Exposição “No Campus”, de Nelma Camargo, no Centro Cultural Correios 

Tendo Nelma o olhar dirigido muito mais para a natureza, sua reprodução e proteção, estes trabalhos também não fogem à regra. Seu conceito está intimamente ligado ao meio ambiente, embora surjam outros elementos como prédios e pessoas. A artista utiliza grafite, editor de software, tinta acrílica, óleo, aquarela, nanquim, colagem e recortes na exposição que vai até o dia 22 de março no Centro Cultural Correios.

Data: de 30 de janeiro a 22 de março de 2020
Horário: de terça a domingo, das 12h às 19h.
Local: Centro Cultural Correios Rio de Janeiro
Endereço: Rua Visconde de Itaboraí, 20 – Centro, Rio de Janeiro


Favela Cineclube apresenta “Mulheres Contra a Ditadura”

O Mês da Luta das Mulheres vai ser celebrado no cineclube com uma homenagem às mulheres que lutaram contra a Ditadura Cívico-Militar-Empresarial que aconteceu no Brasil nos anos 60/70/80. Foram 21 anos de horror, de exclusão de direitos, perseguições, desaparecimentos, prisões, torturas e assassinatos, muitos deles, impunes.
A sessão, que acontecerá no dia 12 de março às 19h, trará um filme que vai falar sobre a o período de resistência no cárcere de algumas das muitas mulheres que enfrentaram o terror e sobreviveram pra contar suas histórias.

Acesse a programação e outras informações no link: https://www.facebook.com/events/663931137675796/?active_tab=about

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: