Agenda - Rio de Janeiro (eventos)

Instituto Moreira Salles promove nova edição do Fórum Africanidades, online e gratuita

Nos dias 14, 21 e 28 de outubro (quartas-feiras), às 18h, a área de Educação do Instituto Moreira Salles promove a terceira edição do Fórum Africanidades. O evento reunirá educadoras, artistas e urbanistas em conversas sobre o enfrentamento do racismo tanto nas instituições culturais quanto no ensino formal. Gratuito, o fórum será transmitido ao vivo no YouTube do IMS (youtube.com/c/imoreirasalles). As atividades contarão com intérprete de Libras e legendagem em português.

A primeira conversa acontece no dia 14 de outubro, às 18h, com a presença de Keyna Eleison, diretora artística do MAM Rio, e de Renata Sampaio, coordenadora educativa da terceira edição da Frestas – Trienal de Artes. As duas debaterão como a produção artística pode ser uma forma de resistência e de construção de práticas educacionais antirracistas. Também falarão sobre as barreiras que artistas negros, especialmente as mulheres, ainda enfrentam para exercer suas atividades.

O evento continua no dia 21 de outubro, às 18h, com uma mesa voltada para as questões urbanas. A arquiteta e urbanista Tainá Reis de Paula conversará sobre o tema com Érika Lemos Pereira, educadora no Galpão Bela Maré/Observatório de Favelas. As duas discutirão como o racismo estrutural permeia as políticas urbanas e a distribuição sociodemográfica das principais cidades brasileiras. Também abordarão como essa lógica afeta o acesso e a participação do público nas instituições culturais.

O fórum encerra no dia 28 de outubro, às 18h, com um debate sobre as relações raciais na educação. A conversa contará com a participação de Bel Santos Mayer, educadora e coordenadora do Instituto Brasileiro de Estudos e Apoio Comunitário, da artista e educadora Mirella Maria, criadora do projeto Quilombo mulheres negras, e da escritora e professora da rede pública Sonia Rosa. Elas comentarão os desafios de colocar em prática a Lei 10639/03, que tornou obrigatório o ensino da história e cultura afro-brasileira e africana. Como valorizar e trazer essas narrativas para o cotidiano das práticas educativas? A questão norteará a última mesa do evento.

Todas as falas do fórum serão gravadas e disponibilizadas, posteriormente, no site do IMS. Veja abaixo mais detalhes sobre a programação.

Serviço

3º Fórum Africanidades: Processos educacionais e artísticos como territórios de cura
14, 21 e 28 de outubro (quartas-feiras), às 18h
Transmissão ao vivo no canal de YouTube do IMS: youtube.com/c/imoreirasalles
Gratuito

Mais informações no site do ims

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: